Governo de Goiás encerra embarque prioritário de passageiros a partir da próxima segunda-feira (19/07)

Medida foi tomada após queda no índice de contágio da Covid-19, e está alinhada ao decreto municipal, de 15 de julho, que flexibilizou horário de funcionamento do comércio e demais atividades culturais em Goiânia. Iniciativa, que foi pioneira no país, colaborou para reduzir aglomerações no transporte coletivo

A partir da próxima segunda-feira (19/07) será normalizado o embarque nos terminais de ônibus urbanos da Região Metropolitana de Goiânia, com a revogação do embarque prioritário em vigor desde março deste ano. O Decreto n.º 9.908 foi publicado na noite desta sexta-feira (16/07) no Suplemento do Diário Oficial do Estado. Com isso, passa a ser liberado o acesso aos terminais urbanos da região metropolitana de Goiânia, sem restrição de horário. 

O embarque prioritário, adotado por intermédio da Secretaria-Geral da Governadoria (SGG) junto à Rede Metropolitana de Transporte Coletivo (RMTC), foi uma iniciativa inédita e implementada após a constatação da segunda onda de contágio do novo coronavírus, e contribuiu para diminuir o fluxo de pessoas nos horários de pico nos terminais urbanos. 

Conforme explica o secretário-chefe da Governadoria, Adriano da Rocha Lima, o acompanhamento periódico junto aos pesquisadores da área tem mostrado queda no índice de contágio pelo novo coronavírus, o que permite a adoção de medidas de flexibilização com maior segurança. “Todo o monitoramento da pandemia continua sendo feito, mas os relatórios semanais mostraram que é possível retomar o embarque normal nos terminais urbanos neste momento. Nosso foco sempre será na manutenção da saúde das pessoas e na tomada de decisões com base na ciência”, explicou Rocha Lima.

Ele comentou que, à época da implantação do embarque prioritário, cujo controle contou com mecanismos tecnológicos, a iniciativa chamou a atenção de demais estados e foi copiada por outros municípios brasileiros. Dessa forma, ficam revogados os parágrafos 1º e 2º do artigo 9º do Decreto n.º 9.848, de 13 de abril de 2021, que dispõe sobre as medidas a serem adotadas no Estado de Goiás em razão da disseminação do novo coronavírus (COVID-19).

A iniciativa está alinhada ao Decreto Municipal da Prefeitura de Goiânia, de 15 de julho, que flexibilizou horário de funcionamento do comércio e demais atividades culturais, permitindo a reabertura de cinemas. “Agora que a vacinação está avançando, com previsão de termos em setembro a população na faixa dos 18 anos vacinada, e que os números da pandemia mostram que está caindo o fator de reprodução do vírus, entendemos que o momento permite uma maior flexibilização. Por isso, a Prefeitura, com quem mantemos diálogo constante, liberou para que o comércio volte a funcionar com maior normalidade e, com isso, vimos a necessidade de revogar o decreto do embarque prioritário”, explicou.

Secretaria-Geral da Governadoria - Governo de Goiás

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.