Goiás ultrapassa a marca de 2,2 milhões de vacinas recebidas pelo Programa Nacional de Imunizações

Governo de Goiás recebe nova remessa de vacinas contra a Covid-19 na manhã desta sexta-feira (14/05): volume deve ser utilizado, prioritariamente, para a segunda dose

O Estado de Goiás recebeu, na manhã desta sexta-feira (14/05), mais uma remessa de imunizantes contra a Covid-19, a segunda no mesmo dia. O montante, 34 mil doses, é da CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan.

Poucas horas antes, na madrugada desta sexta-feira (14/05), outra leva, com 131.850 vacinas, sendo 69.600 da CoronaVac e o restante, 62.250, da AstraZeneca, havia aterrissado no Aeroporto Internacional de Goiânia.

“As doses da CoronaVac vão ser utilizadas, principalmente, para que os municípios regularizem a segunda aplicação, o restante como primeira dose”, diz a superintendente de Vigilância em Saúde de Goiás, Flúvia Amorim, que acompanhou a chegada dos imunizantes. 

Para a AstraZeneca, a orientação do Ministério da Saúde é guardar para a segunda dose. Não serão distribuídas neste momento, mas na medida em que avançar a vacinação nos municípios, explica Flúvia Amorim.

As doses foram encaminhadas a Central Estadual de Rede de Frio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-GO) para conferência. Em seguida, seguem para as 18 Regionais de Saúde de Goiás, para que sejam enviadas a todos os 246 municípios goianos.

Números

O mais recente levantamento feito pela SES-GO, atualizado às 15h desta quinta-feira (13/05), mostra que o Estado já aplicou 1.104.663 vacinas referentes à primeira dose e 557.580 de segunda dose. Em relação aos imunizantes encaminhados, Goiás já recebeu 2.269.270 vacinas, sendo 1.255.280 da Coronavac, 959 mil da AstraZeneca e 54.990 da Pfizer/BioNTech.

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.