Acesse o Diário Oficial do Estado

Acessar

Governo atrai empresas que vão gerar mais de 12 mil empregos em Goiás

“Diante da pandemia, nosso Estado priorizou a vida, mas não parou de crescer”, afirmou Caiado ao assinar protocolo de intenções e garantir investimentos de R$ 1 bilhão à economia goiana

Governador assina protocolo de máscara

Por meio de videoconferência, com a participação de autoridades e auxiliares da gestão estadual, o governador Ronaldo Caiado e o secretário de Indústria, Comércio e Serviços (SIC), Wilder Morais, assinaram protocolo de intenção para a instalação de 24 novas empresas em Goiás. As unidades industriais serão instaladas em 19 municípios de todas as regiões do Estado, injetando mais de R$ 1 bilhão na economia goiana.

“Diante da pandemia nosso Estado priorizou a vida, mas não parou de crescer. A balança comercial de Goiás cresceu acima da média brasileira, graças à indústria e ao agronegócio. Com serenidade e transparência, recuperamos a credibilidade de Goiás e vamos continuar trabalhando pelo bem de nossa gente”, ressaltou Caiado. As novas instalações vão beneficiar especialmente municípios mais carentes, promovendo o desenvolvimento econômico e industrial de forma regionalizada, o que permite o crescimento do Estado como um todo, combatendo desigualdades.

Esta foi a segunda solenidade promovida pelo Governo de Goiás para assinatura de protocolos de intenção de instalação de novas empresas neste ano. “A regionalização do desenvolvimento é uma das principais metas da gestão estadual, que vem sendo cumprida desde o ano passado. Em fevereiro, eram 112 empresas, agora, já vão para 136 novas indústrias que estão se instalando em Goiás”, ressaltou Wilder Morais. O titular da SIC frisou que o resultado é fruto de um trabalho realizado de forma conjunta com diversas outras pastas, que continuam trabalhando, todos os dias, especialmente em um momento em que se precisa tanto da retomada da economia.

A expectativa  com os novos negócios, em plena crise do coronavírus, é de geração de mais de 12 mil empregos diretos e indiretos. Durante a solenidade, que celebrou o Dia da Indústria,  Caiado não deixou de render homenagens “àqueles que geram empregos e qualidade de vida ao Estado” e considerou a vinda das empresas um verdadeiro presente à economia goiana. “No momento em que o Estado cuida bem da Segurança, da Saúde da população, faz com que seja cada vez mais republicano, transparente e facilitador de investimentos, nós recebemos em troca a confiança do empresário que quer investir e trabalhar”, frisou.

Protocolo de intenção

Assinaram o protocolo de intenções celebrado pelo Governo do Estado de Goiás as empresas: AHL Pulp Indústria de Alimentos; AJL Agronegócio Josidith; Amarillo Mineração do Brasil; Armazéns Gerais 2 Irmãos; Bionorte Indústria e Comércio de Biodiesel; Buschle Alimentos; Eucamad Eucalipto Madeira; Fortal Distribuidora; Frinense Alimentos; Frivam Alimentos; Funcional Logística; Krona Tubos e Conexões  Centro-Oeste; Laticínio Maedra; Ms Bastos Representações (Farma Supply); Maxxi Plus Comercial Importadora e Exportadora; Movia – Consultoria e Holding; Polybio Indústria de Produtos Plásticos; SAS Indústria e Comércio de Produtos Químicos; Soul Produtos; Tecnoequip Transporte de Cargas; XD Importação e Exportação.

A implantação das unidades industriais se dará nos municípios de Abadiânia, Anápolis, Catalão, Cavalcante, Goiânia, Guapó, Hidrolândia, Itajá, Mara Rosa, Nerópolis, Nova Crixás, Panamá, Professor Jamil, Rio Verde, Santa Cruz De Goiás, São Miguel do Araguaia, Senador Canedo, Trindade e Vianópolis.