Acesse o Diário Oficial do Estado

Acessar

Governo viabiliza R$ 15,9 milhões em créditos para o setor de Inovação em Goiás

Superintendente da Casa Civil participa da solenidade

Com o termo de acordo assinado pelo governador Ronaldo Caiado nesta quarta-feira, dia 11, foram disponibilizados R$ 15,9 milhões em linhas de crédito para micro, pequenas e médias empresas que queiram transformar o seu negócio por meio da inovação e tecnologia. O convênio é uma parceria do Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Desenvolvimento e Inovação (Sedi) e a Goiás Fomento, com a Finep, órgão ligado ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC).

O Finep Inovacred 4.0 financia projetos nas áreas de internet das coisas, computação em nuvem, Big Data, segurança digital, manufatura digital, integração de sistemas, robótica avançada e inteligência artificial. O limite de financiamento depende do porte da empresa, podendo ser de R$ 150 mil a R$ 5 milhões, com prazo de carência de até 24 meses e prazo de amortização de 96 meses.

Já o programa Inovacred Conecta tem como objetivo levar o conhecimento gerado nas universidades e instituições científicas tecnológicas e de inovação (ICTs) para micro, pequenas e médias empresas para o desenvolvimento de novos produtos, processos e serviços, promovendo maior alinhamento dos objetivos da Ciência Nacional às demandas empresariais e incentivando projetos de maior risco tecnológico. O apoio ocorre via financiamento em condições mais atrativas para projetos de inovação com pelo menos 15% de seu conteúdo em parceria com universidades e ICTs.

O titular da Sedi, Adriano da Rocha Lima, destacou que a meta é mudar o cenário com o qual se deparou ao assumir a pasta. “Por pesquisas que tínhamos feito, vimos que existia uma grande cultura empreendedora no Estado de Goiás, mas que não resultava em processos inovadores, em transformação da indústria, em resultado econômico. As peças estavam desconectadas e precisávamos fazer essa ponte”, disse.

O superintendente de Legislação, Atos Oficiais e Assuntos Técnicos da Secretaria da Casa Civil, Alan Tavares, também participou do lançamento dos programas e defendeu a democratização do acesso à tecnologia de ponta. “Por meio da inovação e da tecnologia nós podemos impulsionar o desenvolvimento e a produtividade das empresas goianas e diversificar a matriz econômica do nosso Estado”, afirmou.