Governo de Goiás e Sebrae buscam parceria para reduzir burocracia em negócios

O Governo do Estado iniciou uma discussão com o Sebrae Goiás para avaliar a legislação estadual com impacto para os empreendedores, com o objetivo de reduzir a burocracia e facilitar o ambiente de negócios para as pequenas empresas. O secretário da Casa Civil, Anderson Máximo, em visita institucional ao novo diretor-superintendente, Derly Cunha Fialho, afirmou que a gestão já está “avaliando os parâmetros e determinações das leis atuais para levantar o que é necessário ser mudado”.

A revisão legal é considerada estratégica para tornar Goiás mais competitivo e aumentar a geração de empregos e renda. O superintendente do Sebrae Goiás destacou que a instituição “quer ajudar o Estado a crescer”. “Queremos uma agenda responsável e conectada com as secretarias de governo e com o Sebrae nacional para possibilitar a desburocratização, simplificando a rotina das empresas”, disse Derly Cunha Fialho. 

Desde o início da gestão, a secretaria da Casa Civil tem implementado medidas para dar maior segurança jurídica aos atos do poder público estadual. E entre as próximas ações previstas neste trabalho está uma abrangente revisão, não só dos decretos e das leis, mas das normas e regulamentos estaduais para enxugar e dar mais eficiência ao nosso arcabouço legal. “O objetivo é, além de facilitar o acesso aos cidadãos, garantir também economia, já que, com leis bem-feitas temos menos questionamentos e custas no Judiciário”, afirma Anderson Máximo.

 

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.